Contabilidade e gestão financeira para clínicas médicas: por que você deve se preocupar com isso.

Contabilidade e gestão financeira para clínicas médicas: por que você deve se preocupar com isso.

Não é de hoje que se fala sobre a importância da gestão para a perpetuação de um empreendimento e a constante geração de resultados positivos, porém muitos empresários têm sofrido dificuldades com a execução de ações eficientes na contabilidade e gestão financeira para clínicas médicas e com isso, muitas vezes acabam tendo que fechar a empresa.

Segundo os dados do Departamento Nacional de Registro Comercial ligado ao MDIC são abertas no país cerca de 440 mil novas empresas ao ano, porém cerca de 80 mil empresas brasileiras fecham as portas no mesmo período e, os motivos pelo qual estas empresas fecham, normalmente estão ligados a uma má gestão.

Confira seis dicas essenciais ligadas à contabilidade e gestão financeira para clínicas médicas, para que dessa forma, sua clínica não faça parte dessas estatísticas negativas que assombram o país.

 

1.Finanças: conhecer e planejar

Ao decidir abrir seu próprio negócio, você precisa se cercar de profissionais especialistas que vão apoiar no desenvolvimento da empresa. A gestão financeira, sem dúvidas, é extremamente importante para garantir o sucesso da empreitada. Por isso, ter ao seu lado um contador de confiança é uma medida salutar para a longevidade da clínica.

Esse profissional irá apoiar no seu planejamento financeiro desenhando diferentes cenários, acompanhando os resultados e orientando nos primeiros meses de operação. Depois, com seu aprendizado, você poderá interpretar com mais facilidade a volatilidade do mercado e os relatórios financeiros da empresa, para tomar decisões de forma mais acertada.

 

2.Controle de custos: onde investir?

Quem não mede seus resultados, não tem o controle de sua operação. Quem não controla sua operação, não sabe quanto ela custa. Quem não sabe quanto custa não tem como saber exatamente o resultado que está tendo.

Com uma boa gestão de custos a clínica conseguirá de uma maneira eficaz coletar, processar e prestar informações quanto aos gastos relacionados aos aspectos econômicos, financeiros, produtivos e de qualidade, provendo um redesenho dos planos convencionais de custeio.

Ao implantar uma boa gestão financeira será possível maximizar os resultados da clínica, fechando a torneira do desperdício de recursos, cobrando adequadamente seus pacientes e investindo em melhoria constante.

 

3.Contabilidade e tributos: você pode pagar menos!

Um bom planejamento tributário é aquele que maximiza o uso da elisão fiscal. Ou seja, é quando o empreendedor pode pagar menos tributos num horizonte de tempo maior. Esse planejamento deve acontecer logo no início das atividades e precisa ser renovado anualmente. Para isso, é imprescindível ser assessorado por um bom contador que irá orientar o dono da clínica (e seus gestores) sobre o melhor caminho a ser traçado dentro dos preceitos do direito tributário.

 

4.Gestão da equipe: o grande desafio

Lidar com pessoas é um grande desafio para todo empresário, mas é essencial para um bom funcionamento do negócio. Um empreendedor e bom líder precisa saber se relacionar com as pessoas e aproveitar suas características individuais de maneira que elas se sintam importantes e valorizadas como parte do negócio, e não meramente como um empregado a mais cumprindo suas atribuições.

Tão importante quanto um “empreendedor líder”, é que o responsável pela gestão das equipes da sua clínica seja tão líder quanto o dono do negócio. Infelizmente, é comum que um excelente funcionário saia da empresa por problemas de gestão. Alinhar sócios, gestores e equipes em um modelo único de gestão de pessoas é imprescindível para um alto rendimento dos colaboradores.

 

5.Captação de clientes: é hora de fazer diferente

O marketing tradicional vêm morrendo a cada dia e as empresas que já perceberam isso, têm a cada dia se adaptado aos hábitos da sociedade, investindo em estratégias baseadas nisso e obviamente, estão adquirindo resultados positivos com essas ações.

Sua clínica têm se preocupado em se atualizar em marketing digital? É muito importante hoje, que além de fazer panfletos e propagandas pagas nos veículos chamados de offline (outdoor, jornais, rádio e revista, por exemplo), que sua clínica invista também em marketing digital. Estar presente nas mídias sociais e ser encontrado facilmente em pesquisas no Google são estratégias que devem ser adotadas por sua clínica.

 

6.Atendimento ao cliente: um ponto crucial  

Muito mais importante do que captar o cliente, é atendê-lo de forma a causar uma boa impressão, fazendo com que ele volte e indique sua clínica para seus conhecidos.

A busca pela eficiência no atendimento deve ser constante, pois muito mais valioso que destacar sua clínica em estratégias de marketing, é destacar seus serviços por causar uma experiência maravilhosa em seus clientes. Busque obter aquele “uau” do seu cliente, quando lhe perguntarem sobre sua clínica.

Ao implantar as ações propostas nestas seis dicas, sua clínica terá muito mais chances de sucesso e sairá das estatísticas das empresas que têm suas portas fechadas todo ano no Brasil.

É importante que você perceba que seus investimentos em especializações para melhorias nos serviços oferecidos por sua clínica, são tão importante quanto investimentos na contabilidade e gestão financeira para clínicas médicas. Para isso, conte com as soluções oferecidas pela rede NTW Contabilidade e Gestão Empresarial com escritórios de contabilidade sediados em todas as regiões do país e que conhecem profundamente a realidade das clínicas médicas.

 

Coordenado por:

Carlos Henrique – Diretor Executivo da Unidade NTW Belo Horizonte – Buritis

2018-12-28T17:02:13+00:00Por |

Sobre o Autor: