Como administrar o capital de giro do meu negócio?

Como administrar o capital de giro do meu negócio?

Independentemente do tamanho de sua empresa ou do tipo do seu negócio, uma das maiores necessidades é a de conhecer e entender o que é capital de giro. Neste post, você vai entender melhor como administrar o capital de giro e por que ele é tão importante para a própria continuidade do seu negócio, já que empresas que não têm este conceito muito bem definido podem passar por dificuldades financeiras já nos primeiros meses de abertura do negócio.

Então, vamos lá?

O que é capital de giro?

O capital de giro pode ser definido como uma determinada parcela do capital de uma empresa que não está investido ou imobilizado em máquinas, imóveis ou qualquer outro tipo de investimento. O capital de giro é aquele dinheiro que pode ser utilizado, por exemplo, para os gastos do dia a dia do seu negócio.

Dentro dos valores que formam o capital de giro, estão o caixa, as contas correntes da empresa, os valores referentes às contas a receber ou clientes de sua empresa e os estoques. No balanço patrimonial, este grupo de contas é conhecido como Ativo Circulante e demonstra todas as disponibilidades de sua empresa.

Qual a utilidade do capital de giro?

O capital de giro é utilizado para a manutenção do equilíbrio financeiro de uma empresa, ou seja, ele representa os valores disponíveis de recursos de um determinado negócio. No entanto, como este valor não é representado somente pelo caixa e pelas contas correntes, é preciso lembrar que ele também engloba os estoques que ainda não foram vendidos, mas que, ao serem liquidados, representarão recursos e também pelos clientes, que serão efetivamente recursos assim que forem recebidos.

Dentro da empresa, o capital de giro é responsável pela manutenção das atividades operacionais como o pagamento de salários, das contas como água, luz, telefone, entre outras, que são utilizadas na rotina de uma empresa.

Como administrar o capital de giro?

A administração do capital de giro é uma tarefa muito importante e nunca deve ser negligenciada. Utilizando uma ferramenta informatizada, é preciso que o gestor esteja atento a detalhes, como, por exemplo, a diferença entre o recebimento e o pagamento de contas.

Em muitos casos, existem dificuldades no capital de giro, porque este prazo é muito diferente, isto é, vende-se a prazo para pagamento superior a aquele que você tem em sua empresa para o recebimento de seus clientes, o que pode gerar dificuldades de caixa.

Na administração do capital de giro, deve-se também levar em consideração possíveis sazonalidades, ou seja, épocas de alta ou baixa procura de seus produtos e serviços, o que pode impactar em seu fluxo de recebimentos e, por consequência, na boa gestão de seu capital de giro.

Deve-se prestar atenção também ao prazo médio de giro dos estoques. Assim, se as mercadorias não estão saindo constantemente de sua empresa, é necessário dar uma atenção especial ao tópico, já que mercadoria parada pode gerar falta de caixa e isso pode impactar negativamente a sua empresa.

Entendeu o que é capital de giro e qual a importância deste conceito para o seu negócio? Assine nossa newsletter e fique por dentro deste e de outros assuntos que podem ser decisivos na hora de administrar bem as finanças de sua empresa.

2018-12-28T14:53:35+00:00Por |

Sobre o Autor: