fbpx

4 dicas de como reduzir a mortalidade de novas empresas

4 dicas de como reduzir a mortalidade de novas empresas

O Brasil √© um pa√≠s de empreendedores. Segundo a Pesquisa GEM 2016: empreendedorismo no Brasil e no mundo, 36% da popula√ß√£o possui um neg√≥cio ou realizou alguma a√ß√£o, no √ļltimo ano, para ter sua pr√≥pria empresa. √Č verdade que muitos dos novos empreendedores o fazem por necessidade, como alternativa √† crise que se instalou no pa√≠s. Mas a pesquisa revela tamb√©m que boa parte est√° abrindo seus neg√≥cios por vislumbrar uma oportunidade e n√£o somente pela falta de op√ß√£o de renda.

Por outro lado, diversos fatores contribuem ainda para a alta mortalidade das empresas nascentes. A pesquisa do Sebrae sobre a Sobrevivência das Empresas no Brasil, levantou que apenas 58,4% das PMEs (Pequenas e Médias Empresas) sobrevivem mais de dois anos, isso sem considerar os MEIs (Microempreendedores Individuais). Frustração, decepção, desilusão são os sentimentos predominantes apontados na pesquisa por quem já teve que fechar as portas do seu empreendimento logo no seu início. Mas é possível proteger o seu negócio e reduzir os riscos de insucesso para quem pretende abrir sua empresa.

Confira os erros mais comuns e as dicas de como reduzir a mortalidade de novas empresas:

 

1- Despesas pessoais e da empresa

√Č uma pr√°tica comum entre pessoas que est√£o empreendendo pela primeira vez n√£o distinguir entre os gastos pessoais e os da empresa. O pensamento √© de que o dinheiro √© seu e voc√™ gasta da forma como lhe convier, afinal, foi para ter esta autonomia que voc√™ pensou em empreender, certo? Pois n√£o poderia estar mais equivocado. Misturar as contas do supermercado ou da escola dos filhos com as despesas da empresa pode ser fatal para a sobreviv√™ncia do neg√≥cio, pois perde-se total controle das finan√ßas.

Quando o empreendedor não separa a conta física da jurídica não sabe exatamente o quanto tem para fazer frente às despesas ou para reinvestir no negócio e pode fazer retiradas maiores do que a própria empresa comporta. Estabelecendo um valor mensal de pró-labore a ser depositado em sua conta Pessoa Física e pagando as despesas pessoais exclusivamente com esta conta, o empreendedor consegue enxergar o real tamanho dos gastos da empresa e de seus sócios, se houver.

 

2- Relação entre os sócios

Em boa parte das PMEs o negócio acaba não necessariamente porque não está dando resultado, mas por desentendimentos entre os sócios. Para evitar que isso aconteça, em primeiro lugar é preciso ter uma definição clara de papéis, ou seja, qual sócio responde por qual área ou áreas da empresa e sua remuneração (pró-labore). Isso pode ser feito no contrato social ou no acordo de cotistas.

No acordo de cotistas ainda √© recomendado definir bem o modelo de tomada de decis√£o e de resolu√ß√£o de conflitos. √Č um instrumento utilizado por grandes companhias e que empresas menores tamb√©m podem se valer para que n√£o haja problemas futuros. Neste documento s√£o descritos regras e gatilhos de resolu√ß√£o de conflitos previamente acordados. Isso vale para tomar uma decis√£o sobre a abertura de uma filial, sobre investimentos, disp√Ķe sobre teto de valores de tomada de cr√©dito em nome da empresa, entre outros. √Č poss√≠vel estabelecer, por exemplo, que no caso de uma decis√£o divergente entre s√≥cios igualit√°rios, prevalece a defini√ß√£o daquele √† frente da √°rea em discuss√£o. ¬†

Este mecanismo também pode regular como vai ficar no caso de parentes virem a trabalhar na empresa, a continuidade ou não da família em caso de falecimento de um dos sócios. Fato é que tudo que é combinado com antecedência não ocasiona problemas e serve para preservar a empresa no futuro. Para isso, você pode e deve contar com a consultoria de um contador , de modo que as regras do jogo sejam estabelecidas entre as partes.

 

3- Sa√ļde financeira da PME

Uma das principais limita√ß√Ķes apontadas pelos empres√°rios consultados na pesquisa sobre empreendedorismo e que impede que o neg√≥cio d√™ certo √© a falta de capacita√ß√£o do empreendedor na gest√£o de recursos financeiros. ¬†Pelo desconhecimento de indicadores financeiros b√°sicos √© muito comum um empreendedor trabalhar ainda com o conceito simplista de ‚Äúsobra de caixa‚ÄĚ. Ou seja, s√≥ considerar se tem ou n√£o dinheiro no banco, sem pensar em implantar em seu neg√≥cio uma cultura voltada ao lucro da PME.

 

Para exemplificar, um problema comum nos empreendimentos iniciantes é o capital de giro:

Trata-se do dinheiro de reserva para manter as despesas, inclusive a sua remuneração, no tempo estimado para atingir o ponto de equilíbrio, momento em que a receita começa a pagar integralmente a despesa.

Imagine que você abriu seu negócio com uma projeção de 12 meses para atingir o ponto de equilíbrio. Você teve um investimento inicial de R$ 150 mil e uma reserva de R$ 100 mil. O seu pró-labore é de R$ 10 mil fixos ao longo destes meses, mais R$ 20 mil para colocar no negócio no primeiro mês (o que soma R$ 30 mil), R$ 15 mil no segundo mês (R$ 25 mil), R$ 10 mil no terceiro mês (R$ 20 mil) e assim sucessivamente. Lá pelo sexto mês você já zerou a reserva, a empresa ainda demanda investimentos e você começa a se pergunta como irá viver.

O passo seguinte? Ir ao banco e, neste caso, √© muito prov√°vel que o seu neg√≥cio ‚Äúv√° para o espa√ßo‚ÄĚ e voc√™ se veja atolado em d√≠vidas a juros exorbitantes.


Saber a margem de contribuição dos produtos, o ponto de equilìbrio, manter o
fluxo de caixa controlado, são tópicos financeiros essenciais no planejamento e gestão empresarial para PME. Se o empreendedor não tem um claro conhecimento dos custos e margens que representam cada produto e qual é mais lucrativo para o negócio, é prejuízo certo. Novamente é hora de pensar no apoio que uma contabilidade consultiva pode significar para o novo empreendedor. O contador pode realizar esses cálculos de percentuais, margens de contribuição, precificação e relatórios de acompanhamento dos resultados e dar tranquilidade para você pensar estrategicamente no desenvolvimento e sustentabilidade do seu negócio.

 

4- Experiência aliada ao planejamento e gestão

O levantamento do Sebrae citado no início deste artigo aponta que os empreendedores que superaram as dificuldades iniciais, incluindo burocracia, legislação complexa e escassez de linhas de crédito, se valeram de uma combinação de fatores fundamentais: a sua própria experiência e conhecimento do mercado agregados ao investimento e a atenção ao planejamento e à gestão empresarial para PME.

Antes mesmo da abertura e in√≠cio das opera√ß√Ķes da empresa, de fato, a participa√ß√£o e orienta√ß√£o de um contador √© imprescind√≠vel. Al√©m de fazer os fechamentos cont√°beis da empresa, acompanhar as constantes altera√ß√Ķes na legisla√ß√£o, esse profissional pode dar um apoio consultivo e estrat√©gico para a ¬†gest√£o empresarial para PME, adequando resultados ao ponto de equil√≠brio dos neg√≥cios.

Então em qual tipo de estatística você quer fazer parte? Se você abriu ou pretende abrir uma empresa e quer reduzir os riscos de insucesso do negócio, conte com a experiência dos especialistas da NTW Contabilidade e Gestão Empresarial.

Encontre a unidade NTW mais próxima da sua empresa e conheça nossos serviços de contabilidade consultiva e de gestão empresarial para PME.

 

Coordenado por:

Gustavo Hamoy – Diretor Executivo da Unidade NTW Juruti

Sobre o Autor:

Avatar

Unidades

NTW Alto Acre

NTW Ananindeua Metrópole

NTW An√°lia Franco

NTW Bauru

NTW Belém Augusto Montenegro

NTW Belém Centro

NTW Belém Doca

NTW Belém Metropolitan Tower

NTW Belo Oriente

NTW BH – Barro Preto

NTW BH – Centro

NTW BH РCoração Eucarístico

NTW Boa Vista

NTW Brasília

NTW Brotas

NTW Caeté

NTW Cabo Frio

NTW Cachoeira Escura

NTW Campina Grande

NTW Campinas

NTW Campo Grande Semin√°rio

NTW Campos dos Goytacazes

NTW Contagem Cidade Industrial

NTW Canoas

NTW Caratinga

NTW Castanhal

NTW Cerro Azul

NTW Concórdia

NTW Conselheiro Pena

NTW Coronel Fabriciano

NTW Coronel Xavier Chaves

NTW Curitiba

NTW Divinópolis

NTW Dom Cavati

NTW Duque de Caxias

NTW Eugenópolis

NTW Feira de Santana

NTW Florianópolis

NTW Fortaleza Meireles

NTW Franca

NTW Goi√Ęnia

NTW GV Centro

NTW GV Solutions

NTW GV Vila Isa

NTW Ipatinga

NTW Ita√ļ de Minas Centro

NTW Itaperuna

NTW Joaçaba

NTW Joaíma

NTW Jo√£o Pessoa Cristo Redentor

NTW BH – Juazeiro do Norte Tri√Ęngulo Crajubar

NTW Juiz de Fora – Centro

NTW Juiz de Fora Santa Helena

NTW Juruti

NTW Leopoldina

NTW Londrina Gleba Palhano

NTW Luís Eduardo Magalhães

NTW Macap√°

NTW Magé

NTW Manaus-Centro

NTW Maric√° Centro

NTW Mariana

NTW Marília

NTW Mogi das Cruzes – Cezar de Souza

NTW Muriaé

NTW Natal Lagoa Nova

NTW Nova Bandeirantes

NTW Nova Iguaçu Centro

NTW Naque

NTW Olinda Jardim Atl√Ęntico

NTW Oriximin√°

NTW Osasco

NTW Passos

NTW Paragominas

NTW Paranatinga

NTW Paulo Afonso

NTW Pelotas Plex

NTW Petrópolis Cidade Imperial

NTW Pirassununga

NTW Ponta Por√£

NTW Porto Alegre

NTW Porto Alegre Centro

NTW Porto Velho

NTW Porto Velho – Embratel

NTW Primavera do Leste

NTW Recife

NTW Resplendor

NTW Ribeir√£o Preto

NTW Rio Branco

NTW Salvador

NTW Salvador Barra

NTW Salvador Castro Alves

NTW Salvador Itaigara

NTW Salvador Paralela

NTW Salvador Pituba

NTW Santarém

NTW Santos

NTW S√£o Carlos

NTW S√£o Jo√£o del Rei

NTW São José dos Campos РJardim Aquarius

NTW São José dos Campos Satélite

NTW S√£o Jorge

NTW São Luís

NTW S√£o Paulo Butant√£

NTW S√£o Paulo Lapa

NTW Serra Verde

NTW Cerro Azul

NTW Setor Bueno – Goi√Ęnia

NTW Taguatinga Sul

NTW Tatuapé

NTW Teixeira de Freitas

NTW Teresópolis

NTW Timóteo

NTW Ubaporanga

NTW Uberaba

NTW Uberl√Ęndia Solutions

NTW Vila Velha