Como se tornar um MEI

Como se tornar um MEI

O Microempreendedor Individual (MEI) surgiu em 2008 através da lei n° 128 que visa formalizar o pequeno empresário individual, é o tipo mais simples de empresa e foi criado pelo Governo para permitir que o pequeno empresário tenha fácil acesso a um CNPJ, por um baixo custo e sem burocracia.

 

As condições do Microempreendedor Individual são:

 

  • Exercer uma atividade econômica prevista pelo MEI, segundo Resolução CGSN n°140, de 2018;
  • Contratação de somente um empregado;
  • Não ser sócio ou titular de outra empresa;
  • Faturamento limitado à R$ 81.000,00 por ano.

 

Para você se tornar MEI é preciso:

 

  • Escolher uma atividade permitida pelo MEI;
  • Ser maior de 18 anos (ou ser maior de 16 anos, emancipado);
  • Documentos pessoais em mãos (RG, CPF e Título de Eleitor);
  • Endereço e telefone.

 

O processo de abertura é formalizado pela internet, sendo seus principais documentos (CNPJ, inscrição na Junta Comercial e no INSS e Alvará Provisório de Funcionamento) liberados no mesmo dia, através de um documento chamado de Certificado da Condição de Microempreendedor Individual – CCMEI. Tudo é realizado eletronicamente sem envio de documentos.

 

Quando devo emitir nota fiscal?

 

Você não tem obrigatoriedade para emitir uma nota fiscal para consumidor pessoa física, somente quando o consumidor for pessoa jurídica, salvo quando esse destinatário emitir nota fiscal de entrada; também não tem obrigação de emitir a NF-e nas vendas interestaduais. Sendo assim, para emitir NF será preciso fazer a solicitação na Prefeitura ou na Secretaria da Fazenda de onde está localizado, junto com a documentação necessária para protocolar a liberação do site para emissão de NF pela internet.

 

E em relação ao faturamento?

 

O faturamento do MEI, de janeiro a dezembro, deve ser de até no máximo R$ 81.000,00. Caso o microempreendedor se formalize durante o ano em curso, o seu faturamento deve ser proporcional a R$ 6.750,00 por mês, até 31 de dezembro do mesmo ano.

 

Obrigatoriedades do MEI

 

As obrigatoriedades do MEI são as seguintes: pagar as guias de impostos (DAS) todos os meses sem atraso (em torno de R$ 50,00 por mês), fazer controle do faturamento mensal, e entregar a Declaração Anual de Faturamento da empresa para a Receita Federal uma vez por ano.

 

Ser MEI é muito mais vantajoso do que imagina, segue algumas vantagens:

 

  • Benefício do INSS, aposentadoria por idade (de acordo com a carência onde o tempo mínimo de contribuição é de 180 meses a contar do primeiro pagamento em dia, mulheres aos 60 anos e homens aos 65 possuem direito à aposentadoria por idade); auxílio doença e aposentadoria por invalidez (é necessário 12 meses de contribuição, a contar do primeiro pagamento em dia); salário maternidade (é necessário 10 mês de contribuição, a contar do primeiro pagamento em dia); pensão por morte e auxílio reclusão (possuem duração variável, de acordo com a idade e tipo de beneficiário);
  • Conta bancária empresarial (PJ), podendo desfrutar de todos os benefícios exclusivos para empresas;
  • Empréstimo com juros baixos nos maiores bancos do país;
  • Cartão de crédito, aumento de vendas com diversas máquinas disponíveis no mercado;
  • Nota Fiscal para produtos e serviços;
  • Funcionário registrado de forma legal;
  • O MEI pode receber seguro-desemprego, desde que tenha renda mensal igual ou superior a 1 salário mínimo no período de pagamento do benefício;
  • Terá uma empresa cumprindo com todas as obrigações legais por um baixo custo.

 

O registro do MEI, baixa no CNPJ do MEI e alterações no cadastro podem ser feitos gratuitamente pelo site público do Governo, sem acompanhamento profissional. A NTW Contabilidade e Gestão Empresarial oferece toda comodidade, segurança e suporte para o esclarecimento de dúvidas durante todo o processo.

 

Nos vemos no próximo post!

Sobre o Autor:

Dayana Lombardi
Filha de contador, sua infância foi no escritório da família. Mãe do Joaquim e Antônio, e esposa da pessoa que mais sonha os seus sonhos.

Unidades

NTW Alto Acre

NTW Bauru

NTW Belém Augusto Montenegro

NTW Belém Centro

NTW Belém Doca

NTW Belém Metropolitan Tower

NTW Belo Oriente

NTW BH – Barro Preto

NTW BH – Buritis

NTW BH – Coração Eucarístico

NTW BH – Savassi

NTW Boa Vista

NTW Brasília

NTW Cabo Frio

NTW Campina Grande

NTW Campinas

NTW Campos dos Goytacazes

NTW Canoas

NTW Caratinga

NTW Castanhal

NTW Concórdia

NTW Conselheiro Pena

NTW Curitiba

NTW Dom Cavati

NTW Duque de Caxias

NTW Feira de Santana

NTW Florianópolis

NTW Fortaleza Meireles

NTW Franca

NTW Goiânia

NTW GV Centro

NTW GV Solutions

NTW GV Vila Isa

NTW Ipatinga

NTW Indaiatuba Parque Ecológico

NTW Itaú de Minas Centro

NTW Joaçaba

NTW Joaíma

NTW João Pessoa Cristo Redentor

NTW Juiz de Fora – Centro

NTW Jundiaí

NTW Juruti

NTW Leopoldina

NTW Luís Eduardo Magalhães

NTW Macapá

NTW Magé

NTW Manaus-Centro

NTW Mariana

NTW Marília

NTW Muriaé

NTW Nova Bandeirantes

NTW Nova Iguaçu Centro

NTW Olinda Jardim Atlântico

NTW Oriximiná

NTW Osasco

NTW Passos

NTW Paragominas

NTW Paranatinga

NTW Paulo Afonso

NTW Pirassununga

NTW Ponta Porã

NTW Porto Alegre

NTW Porto Velho

NTW Porto Velho – Embratel

NTW Primavera do Leste

NTW Recife

NTW Ribeirão Preto

NTW Rio Branco

NTW Rio Freguesia

NTW Salvador

NTW Salvador Barra

NTW Salvador Castro Alves

NTW Salvador Itaigara

NTW Salvador Pituba

NTW Salvador Wall Street

NTW Santarém

NTW Santos

NTW São Caetano do Sul – Santa Paula

NTW São Carlos

NTW São Fidélis

NTW São João del Rei

NTW São Jorge

NTW São Luís

NTW São Paulo Butantã

NTW São Paulo Lapa

NTW Serra Verde

NTW Setor Bueno – Goiânia

NTW Sorocaba Wanel

NTW Tatuapé

NTW Teixeira de Freitas

NTW Teresópolis

NTW Timóteo

NTW Ubaporanga

NTW Uberaba

NTW Uberlândia Solutions

NTW Vila Velha