Como ter uma cultura voltada ao lucro na sua empresa

Como ter uma cultura voltada ao lucro na sua empresa

Faturar ou lucrar? Eis a questão! Na gestão financeira para PME (Pequena e Média Empresa) fala-se muito em faturamento, em volume de vendas e não se dá a devida ênfase ao lucro da empresa. Pois saiba que o faturamento tem muito mais a ver com quantidade de produção e porte da empresa, do que realmente se ela está saudável financeiramente. É na cultura voltada ao lucro da PME que está fundamentada a base para o equilíbrio de contas, o valor que financia as operações e o capital de giro, que paga os salários dos colaboradores e proporciona crescimento. Além do que, não se esqueça de que é o lucro que remunera os sócios!

Mas então você pode pensar que como dono e sócio do negócio está solitário nesta busca pelo resultado da empresa. Assim como “uma andorinha só não faz verão”, para implantar uma cultura voltada ao lucro da PME é preciso que você, seus sócios e seus funcionários atuem de maneira focada para a geração desse resultado. Mas como compartilhar  isto com o restante da equipe? Como tornar os funcionários co-responsáveis por este resultado?

Para implantar uma cultura voltada ao lucro na PME é preciso seguir algumas diretrizes. Confira:

1- Conheça os números da sua empresa

Em primeiro lugar, é preciso que a casa esteja arrumada e as contas em ordem. Não adianta tentar engajar o time de colaboradores para buscar uma meta de lucratividade se a empresa atrasa salários ou se o que você considera ao final do mês é a “sobra de caixa”. A gestão financeira para PME pode ser feita a partir de um software ou mesmo em uma planilha de fluxo de caixa.

O conhecimento e adoção de indicadores financeiros simples ajudam a manter o controle e a sustentabilidade do negócio. Entre eles, conhecer com clareza a margem de contribuição de seus produtos e serviços e o seu ponto de equilíbrio.

Definição do Sebrae para:

  • Margem de Contribuição representa o quanto o lucro da venda de cada produto contribuirá para a empresa cobrir todos os seus custos e despesas fixas e ainda gerar lucro. Com base nisto você pode calcular a quantidade mínima de produtos que precisará vender.
  • Ponto de Equilíbrio é um indicador de segurança do negócio, pois mostra o quanto é necessário vender para que as receitas se igualem às despesas e custos.

2- Estabeleça uma meta e acompanhe o desempenho

Com as finanças em dia, fica mais fácil estabelecer uma meta de lucro. Mas a meta não pode ser tão frouxa que não promova um desafio e nem tão desafiadora que de modo que gere desmotivação. Tem que ser tomado por base um comportamento histórico da empresa, do segmento ou dos concorrentes do seu porte e da sua região. Dedique todo início de mês a analisar os dados do mês anterior, contrapor o planejado com o realizado e o que pode ser feito para melhorar o lucro.

Se você, como empreendedor não é um especialista em finanças e não tem um profissional capacitado em gestão financeira para PME dentro de casa, não se desespere. Você pode contar com os serviços de uma contabilidade consultiva para realizar esses cálculos de percentuais, margens de contribuição, precificação e relatórios de acompanhamento dos resultados. Por meio de análise detalhada de indicadores financeiros a partir de uma abordagem consultiva é possível melhorar a gestão de custos na sua empresa e sugerir redução de despesas operacionais, adequando resultados ao ponto de equilíbrio dos negócios.

 

3- Defina papéis e o grau de autonomia para seus colaboradores

Você só conseguirá fazer com que funcionários conheçam a importância do lucro e sintam-se comprometidos com o resultado estabelecendo uma clara definição dos papéis. Se você quer uma cultura altamente produtiva e rentável na sua empresa, todos os envolvidos deverão se sentir motivados a participar e ter uma certa autonomia para isso. Para que possam gerar resultado precisam saber até onde podem ir para tomar uma decisão com foco no aumento do lucro sem precisar esperar a decisão do dono. É o caso do fechamento de um novo negócio, a alteração de um procedimento que resultará em redução de custos fixos, o uso melhor dos recursos, a redução de retrabalho.

Meritocracia e gestão de consequências também são fundamentais nesse processo. Se algum de seus funcionários não está acompanhando ou está diminuindo a motivação da equipe ou o índice de produtividade da empresa, é provável que substituí-lo seja a melhor decisão. Criar e exigir altos padrões de alguns e permitir que outros tenham um desempenho abaixo do esperado pode causar insatisfações e reduzir a motivação.

4- Premie o lucro

Para que a implantação da cultura voltada ao lucro da PME não vire um processo penoso para os funcionários e sim algo inspirador e motivador crie formas tanto de você e seus sócios se auto premiarem como aos seus colaboradores, se a meta for alcançada. Pode ser uma bonificação ou participação nos resultados. Mas também pode ser um momento de comemoração, de reconhecimento, de melhoria no ambiente de trabalho ou uma posição de liderança ou gestão para aqueles que se destacaram.

Quando há o reconhecimento pelo bom trabalho, os funcionários sentem-se motivados a fazer mais. No livro The Carrot Principle: How the Best Managers Use Recognition to Engage Their People, Retain Talent and Accelerate Performance ou em tradução livre, O Princípio da Cenoura: Como os Melhores Gerentes Usam o Reconhecimento para Envolver Suas Pessoas, Reter Talentos e Acelerar o Desempenho , os autores apresentam um estudo onde as empresas que têm líderes que costumam reconhecer publicamente e premiar os funcionários com bom desempenho têm um retorno três vezes maior sobre o patrimônio líquido.

Como você viu, é possível incentivar uma cultura do lucro da PME onde cada funcionário trabalhe também com o objetivo do sucesso do negócio. Mas é preciso ter um planejamento adequado, com processos e avaliação de resultados e, acima de tudo, uma correta gestão financeira para PME. Muito trabalho? Não sabe por onde começar?

A NTW Contabilidade e Gestão Empresarial pode ser sua maior aliada neste processo cooperando de forma decisiva para o sucesso sustentável da sua empresa. Encontre a unidade NTW mais próxima da sua empresa e conheça nossos serviços de contabilidade consultiva e de gestão financeira para PME.

Coordenado por:

Marcelo Paiva – Diretor Executivo da Unidade NTW Uberaba

Sobre o Autor: