Cuide de seus pacientes e deixe o contador cuidar da saúde de sua empresa

Cuide de seus pacientes e deixe o contador cuidar da saúde de sua empresa

Compreender sintomas que levam a um diagnóstico e prescrever o tratamento mais adequado são tarefas que só podem ser feitas por profissionais da área da saúde. Por outro lado, qual é o especialista que está cuidando do diagnóstico e orientando a melhor receita para a saúde administrativa e financeira da sua clínica ou consultório? Para que você possa focar no atendimento de seus pacientes sem descuidar do seu negócio, deixe um contador orientá-lo na gestão tributária e financeira da sua clínica ou consultório. Procure um contador especialista nesta área.

O boom de consultórios médicos aconteceu em 2014 e continua mostrando o quanto a medicina cresce no Brasil pelas vias do empreendedorismo. Mas empreender é outra grande responsabilidade e pressupõe outra saúde: a financeira e fiscal de um consultório que é, na verdade, empresa.

Quantos anos do curso de medicina foram dedicados à prática da contabilidade? Comparar significa concluir que a atenção dos profissionais de saúde deve ser conduzida ao âmbito médico, mas sem prejuízo à legalidade. Dar conta de dois universos tão distintos pode levar o profissional à exaustão. O mesmo acontece com outros profissionais da área da saúde. Quanto tempo do curso de Odontologia, de Enfermagem, de Fisioterapia é dedicado à prática contábil e empreendedora?

Mesmo que existam iniciativas governamentais para apoiar a prestação de contas dos consultórios, elas não são suficientes para manter os processos cotidianos sob controle. O Datasus (Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde), por exemplo, disponibiliza na área de downloads do site links para os programas da receita. Mas é preciso muito mais para estar em dia com o Fisco.

Como um profissional de contabilidade pode fazer a diferença?

Com o apoio de um especialista, fica mais fácil manter a saúde da sua clínica ou consultório. São três as principais tarefas nas quais um especialista na área contábil pode fazer a diferença na abertura e gestão de empresas da área da saúde!

#1 Controle das receitas

Você saberia responder, agora, quanto dinheiro foi movimentado pelo seu negócio hoje? Para ter o controle do negócio e conseguir chegar a uma conclusão sobre a renda gerada com abertura e gestão de empresa de saúde, o acompanhamento das contas a receber e a pagar deve ser feito diariamente.

Neste cenário, a contabilidade torna-se aliada para auxiliar os profissionais da área da saúde, organizando e planejando a gestão dos recursos. Além disso, o profissional de contabilidade pode contribuir para manter a organização e o controle, tanto para as receitas e despesas da pessoa física, quanto da pessoa jurídica.

#2 Gestão tributária

O sistema tributário brasileiro é um dos mais complexos do mundo. Só para pagar impostos são investidas 2.038 horas por ano, o que corresponde ao tempo de mais de 4 mil consultas de rotina. No levantamento Doing Business (DB), feito pelo Banco Mundial, o Brasil aparece na 181ª posição do ranking de 190 economias no quesito pagamento de impostos. Talvez os profissionais da área da saúde sejam prova viva disso, principalmente se não contam com a colaboração de um especialista contábil.

O Brasil está na 175ª posição do DB na facilidade para a abertura de empresas. O que não significa que o seu consultório ou clínica fique nesta situação. Na abertura e gestão de empresa de saúde o contador pode compensar os obstáculos de um sistema econômico desfavorável. A avaliação do regime tributário adequado pode fazer toda a diferença na hora de acertar as contas com o Leão. E isso você já escolhe ao criar uma empresa e pode mudar a cada ano. Mas em que circunstâncias fazer isso? Eis a questão! O escritório de contabilidade pode “prescrever” o melhor regime tributário.

#3 Prestação de contas e análise dos resultados

Um contador pode ajudar nos controles de receitas por convênios, particulares, exames, sociais, etc. Tudo isso exige a análise da prestação de serviços e do aspecto de comercialização para algumas situações, como é o caso dos planos de saúde. O formato jurídico escolhido para prestação de contas impacta diretamente na tributação e exige controles específicos e avaliação contínua.

Prestar contas dos impostos pagos sobre as movimentações é obrigatório e pode resultar em multa e até detenção em casos de descumprimento. Mas é possível obter vantagens legais na análise tributária. O profissional contábil deve acompanhar e avaliar o melhor formato e regime tributário adequado para cada tipo de prestação de serviços e abrangência do negócio. Porém, a falta de planejamento nesse tipo de gestão pode gerar consequências imprevisíveis. O trabalho contábil e de apoio à gestão pode evitar tudo isso e ainda auxilia no adequado planejamento econômico-financeiro da sua empresa, bem como no acompanhamento e análise dos resultados.

Os médicos e profissionais da área da saúde têm todos os recursos para cuidar dos pacientes, mas podem sofrer no acompanhamento contábil e financeiro do seu negócio. O resultado disso leva o consultório ou a clínica a momentos financeiros indesejáveis e a conflitos com a Receita Federal. Experimente mudar essa história e veja como a consultoria da NTW Contabilidade e Gestão Empresarial cuida da saúde da sua empresa.

Coordenado por:

Silvana Kruger – Diretora Executiva da Unidade NTW Chapecó

Sobre o Autor: