Gestão de supermercados: como diminuir custos?

Gestão de supermercados: como diminuir custos?

A variedade de produtos, formas de exposição, maneiras de armazenamento, volume das mercadorias e a variedade de serviços diferentes em um supermercado gera uma série de custos. Com o passar do tempo, eles podem tornar o negócio inviável.

Quais as atitudes que podem fazer com que os gastos com a gestão de supermercados reduzam consideravelmente? Acompanhe nosso post e aprenda algumas medidas que podem ser tomadas ainda hoje!

1- Realize um planejamento tributário

Um supermercado é um estabelecimento comercial que possui muitas atividades que estão sujeitas a atuação dos órgãos fiscais. Dessa forma, é fundamental que um estudo que avalie todas essas questões seja realizado de forma a reduzir ao máximo os encargos junto à Receita e os demais.

Busque ajuda profissional para que nenhum documento obrigatório seja fonte de prejuízo. Além do mais, contar com o auxílio de especialistas é fundamental na hora de escolher o regime mais adequado à realidade do negócio e fazer com que os tributos e impostos tenham os custos reduzidos de forma legal.

2– Tenha muita atenção com o setor de armazenamento

Um dos pontos críticos na gestão de supermercados é a questão do armazenamento. Trata-se de um setor que deve ser constantemente acompanhado de perto, sempre comparando o que consta nos registros com o estoque físico, de forma a identificar perdas e investigá-las.

Outro fator importante na gestão dos estoques é ter o pleno domínio da quantidade de mercadorias a serem adquiridas junto ao fornecedor. Um erro que você pode acabar tendo são problemas com um abastecimento em excesso, provocando perdas com o perecimento, principalmente de hortifrúti. Ou faltando produtos muito procurados pelos clientes.

3– Seja vigilante com o fluxo de caixa

Você como comerciante sabe que, muitas vezes, grandes custos são provenientes de pequenos gastos no dia a dia, como materiais de escritório e retirada de mercadorias de baixo valor não registradas. Portanto, para cortar gastos, é fundamental que se tenha conhecimento de todos eles de forma diária.

Qualquer dinheiro retirado do caixa para abastecer veículos, comprar um lápis ou bancar qualquer mercadoria utilizada para consumo de funcionários e familiares deverá ser lançado no fluxo de caixa. Isso permitirá ter a plena noção do tamanho dos custos diários com este tipo de passivo e  tomar as melhores decisões para diminuir isso.

4– Implante uma cultura sustentável

  • Converse com os colaboradores sobre a necessidade de participarem da tarefa de gestão de supermercados junto com você, na ação de ajudar a cuidar da saúde financeira da empresa e também do planeta;
  • Busque maneiras de reaproveitamento de água da chuva e de aparelhos de ar condicionado;
  • Dê preferência pela iluminação natural, mesmo que sejam necessárias algumas reformas a princípio;
  • Troque bobinas matriciais pelas térmicas, que precisam de muito menos toner para trabalhar, Encontre meios de aproveitar as embalagens dos fornecedores (as caixas de hortifrúti dariam um ótimo combustível para um forno a lenha!);
  • Considere substituir lâmpadas e compressores de câmaras frias por itens mais modernos e que consomem menos energia.

5– Adote sistemas informatizados

Os sistemas informatizados são ferramentas importantíssimas na redução de custos da gestão de supermercados. Além de lhe ajudar a identificar fontes de perdas de forma mais eficaz e fazer com que você tenha mais controle sobre tudo em sua loja de maneira mais simples e clara, diminui consideravelmente o consumo de papel. Também reduz o retrabalho em função de erros humanos.

6- Mapeie todos os processos

A maioria das atividades do supermercado seguem uma rotina diária, e podem ser padronizadas. Quando tudo é realizado a partir de procedimentos operacionais envolvendo todos os setores, as chances de que algo dê errado diminui consideravelmente.

No comércio, normalmente, quando algo sai dos conformes, significa prejuízo. Dessa forma, procure mapear todos os tipos de trabalho do estabelecimento, como forma de colocá-los em uma cadeia padronizada onde todos participem.

Possui mais alguma dica para reduzir custos no ramo dos supermercados? Então aproveite os comentários e conte pra gente!

Sobre o Autor:

Avatar

Unidades

NTW Alto Acre

NTW Bauru

NTW Belém Augusto Montenegro

NTW Belém Centro

NTW Belém Doca

NTW Belém Metropolitan Tower

NTW Belo Oriente

NTW BH – Barro Preto

NTW BH – Buritis

NTW BH – Coração Eucarístico

NTW BH – Savassi

NTW Boa Vista

NTW Brasília

NTW Cabo Frio

NTW Campina Grande

NTW Campinas

NTW Campos dos Goytacazes

NTW Canoas

NTW Caratinga

NTW Concórdia

NTW Conselheiro Pena

NTW Curitiba

NTW Dom Cavati

NTW Duque de Caxias

NTW Feira de Santana

NTW Florianópolis

NTW Fortaleza Meireles

NTW Franca

NTW Goiânia

NTW GV Centro

NTW GV Solutions

NTW GV Vila Isa

NTW Ipatinga

NTW Indaiatuba Parque Ecológico

NTW Itaú de Minas Centro

NTW Joaçaba

NTW Joaíma

NTW João Pessoa Cristo Redentor

NTW Juiz de Fora – Centro

NTW Jundiaí

NTW Juruti

NTW Leopoldina

NTW Luís Eduardo Magalhães

NTW Macapá

NTW Magé

NTW Manaus-Centro

NTW Mariana

NTW Marília

NTW Muriaé

NTW Nova Bandeirantes

NTW Nova Iguaçu Centro

NTW Olinda Jardim Atlântico

NTW Oriximiná

NTW Osasco

NTW Passos

NTW Paragominas

NTW Paranatinga

NTW Paulo Afonso

NTW Pirassununga

NTW Ponta Porã

NTW Porto Alegre

NTW Porto Velho

NTW Porto Velho – Embratel

NTW Primavera do Leste

NTW Recife

NTW Ribeirão Preto

NTW Rio Branco

NTW Rio Freguesia

NTW Salvador

NTW Salvador Barra

NTW Salvador Castro Alves

NTW Salvador Itaigara

NTW Salvador Pituba

NTW Salvador Wall Street

NTW Santarém

NTW Santos

NTW São Caetano do Sul – Santa Paula

NTW São Carlos

NTW São Fidélis

NTW São João del Rei

NTW São Jorge

NTW São Luís

NTW São Paulo Butantã

NTW São Paulo Lapa

NTW Serra Verde

NTW Setor Bueno – Goiânia

NTW Sorocaba Wanel

NTW Tatuapé

NTW Teixeira de Freitas

NTW Teresópolis

NTW Timóteo

NTW Ubaporanga

NTW Uberaba

NTW Uberlândia Solutions

NTW Vila Velha