Saiba como vender na crise

Saiba como vender na crise

Talvez, o fato mais difundido no cenário atual brasileiro é a certeza de estarmos em um momento forte de gestão de crise financeira. Situação política extremamente confusa, indicadores econômicos demonstrando resultados insatisfatórios e descrédito do governo fazem com que os comerciantes e prestadores de serviços se encham de incertezas e questionamentos sobre o andamento dos seus negócios.

Mais do que um momento de lamentações e dúvidas, é tempo de ser criativo e corajoso. É sobre isso que o nosso post de hoje tratará.

Como vender na crise e fazer com que soluções surjam em problemas a serem enfrentados? Confira na íntegra!

Pense positivo

Não se trata de um conselho típico de autoajuda, não estamos aqui para isso. Mas fato é, que pensar em romper obstáculos e focar em se destacar em um período tão complicado, faz com que você se anime a ser mais proativo e se atente mais ao que acontece ao seu redor. Vender na crise tem a ver com o quanto você possui serenidade e atenção redobrada às soluções que as pessoas prescindem no momento, para que você se aproveite disso e faça toda a diferença.

Compreenda as necessidades do seu cliente

Os momentos de crise acabam tornando as pessoas mais intolerantes e naturalmente mais exigentes. Desta forma, evite cair no erro que muitos comerciantes possuem de acharem que entendem tudo a respeito do seu nicho de negócios e ouvirem pouco o que os seus clientes têm a dizer.

Além da questão da crise, o mercado é extremamente dinâmico. Estas mudanças possuem um lado positivo, que é o de fazer com que surjam novas oportunidades de agradar em cheio a clientela e de movimentar a cena com novas ideias.

Organize-se

Ao passar a acompanhar mais de perto tudo o que acontece a respeito do seu negócio, como os custos, o inventário do patrimônio, os retornos provenientes de investimentos, as metas de vendas e o fluxo de caixa, a comparação dos dados ao longo de um determinado período demonstrará as melhores decisões. Assim, os seus produtos ou serviços passarão a serem mais atraentes ao público.

Retenha clientes antigos

Aproveite o vínculo de confiança conquistado entre as pessoas que já adquiriram produtos de você para continuar a ter um bom volume de vendas. Informe-as sobre a atualização e complementos de produtos, além de oferecer vantagens em função da fidelidade, como descontos ou outros benefícios.

Atrair novos clientes é mais difícil do que agradar aos que você já possui. Portanto, trate-os bem ou você corre o risco de que estes também procurem os seus concorrentes.

Vender na crise é aproveitar as vantagens da internet

Atualmente, quem não está na internet está quas morto comercialmente. Este é o principal meio de busca das pessoas por marcas e produtos.

Desta forma, aproveite todo o potencial das redes sociais em estratégias e ações que buscam a proximidade com o seu público-alvo. Pesquise a respeito de como se divulgar com eficácia na internet e principalmente sobre os casos de sucesso mais relevantes.

Capacite sua equipe

Um bom atendimento ainda é um diferencial que faz o cliente optar entre um estabelecimento ou outro. Deixe os colaboradores sempre a par do que é necessário fazer para que o cliente se sinta sempre satisfeito e motivado a comprar de você. Vender na crise também tem muito a ver com fazer com que as pessoas falem bem de você para as outras, independente do canal utilizado.

O que achou do post de hoje? Continue sempre por dentro das nossas novidades assinando a nossa newsletter!

Sobre o Autor: